Meio ambiente: Reciclagem e sustentabilidade

Entender como funciona a degradação ambiental é fundamental para todo ser humano, para a partir daí, iniciarmos o trabalho de conscientização sustentável. Tendo em vista, que, se não cuidarmos da “casa” onde vivemos, os recursos naturais ficarão cada vez mais escassos. Saber descartar o lixo de forma correta é o primeiro passo a ser ensinado para a população.

É importante a conscientização imediata da sociedade para este assunto tão relevante, a sustentabilidade do meio ambiente tem que ser prioridade. Com a reciclagem é possível diminuir a poluição do ar, água e solo. Um dos desafios da reciclagem é educar os cidadãos para que compreendam que cada esforço por menor que seja gera um impacto positivo ao longo dos anos, pois, os danos causados ao meio ambiente, são cada vez mais recorrentes em nosso dia a dia.

Consumimos na maioria das vezes os produtos sem imaginar o impacto que eles causam. Acredito que realizando um trabalho de informação, as pessoas mudem seus hábitos e se conscientizem do estrago causado. Como consumidores, devemos cobrar das empresas uma postura ecologicamente correta.

Existe a rotulagem ambiental estabelecida pela ISO 14020 e ISO 14024, que tem como objetivo apresentar informações relevantes para os consumidores nos rótulos dos produtos. A ideia é garantir o consumo consciente e em harmonia com o meio ambiente e com a preservação ambiental. Por isso, esse tipo de rotulagem agrega um diferencial ao produto. De forma geral, a reciclagem de embalagens é um processo extremamente benéfico para a sociedade. Além da reutilização de materiais ser uma atitude inteligente e sustentável, ela ainda traz efeitos positivos para o meio ambiente e economia para as empresas que adotam esse processo. O ideal, então, ao escolher embalagens para seus produtos, é dar preferência àquelas que são feitas de materiais recicláveis.

A reciclagem permite minimizar a utilização de matérias-primas de fontes naturais e a quantidade de resíduos encaminhados para destinação final, ou seja, os aterros sanitários, o que acaba gerando custo para o município. Para reaproveitar os materiais que compõem as embalagens como matéria-prima para um novo produto, o processo de reciclagem deve seguir algumas etapas. De acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), a destinação de resíduos inclui a reutilização, a compostagem, a reciclagem, a recuperação, o aproveitamento energético e outras destinações admitidas pelos órgãos competentes. Para isso, devem ser respeitadas normas operacionais que evitem danos ou riscos à saúde e à segurança pública, bem como minimizem impactos ambientais.

É importante que haja empenho de toda a sociedade para diminuir o volume de lixo produzido, assim como reciclar o material obtido dos processos de descarte. Por isso, é essencial que todos conheçam alguns conceitos importantes desse mercado. Com informação, conscientização e atitudes, podemos mudar essa história.


André Brandino (PSC) é vereador de Vitória

Data de Publicação: segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021

ACOMPANHE A CÂMARA

Endereço:
Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, n° 1788
Bento Ferreira - Vitória/ES - CEP: 29050-940


Telefone: (27) 3334-4500
E-mail: cmv.dec@gmail.com

Atendimento ao Público:
De segunda a sexta, das 08h00 às 18h00

Dia e horário das Sessões Plenárias:
Segundas, terças e quartas-feiras,
a partir das 09h30

Copyright © Câmara Municipal de Vitória. Todos os direitos reservados.
Ágape Consultoria